O chavismo e suas dependências

Em setembro de 2012, matéria de O Globo tinha o título “Risco de derrota de Chávez nas urnas deixa aliados apreensivos”. A reportagem de Janaína Figueiredo afirmava que Cuba e Nicarágua seriam os parceiros latino-americanos mais afetados com a possível mudança de governo.

Segundo o texto, “entre 2005 e 2011, o governo Chávez destinou cerca de US$ 82 bilhões a acordos de cooperação com mais de 40 países”. Entre estes os maiores beneficiados seriam Cuba, Nicarágua, Argentina, Bolívia e República Dominicana.

Cuba teria recebido em torno de US$ 28,5 bilhões. O segundo na lista seria a Nicarágua, com US$ 9,7 bilhões. Em terceiro, a Argentina, com US$ 9,2 bilhões, sendo US$ 6 bilhões em papéis da dívida pública do país.

É verdade que Janaina usava números da oposição venezuelana, pois não haveria indicadores oficiais. Mas muitos chavistas admitiriam com orgulho a veracidade dos dados. Seria a forma que Chávez teria utilizado para implantar uma espécie de “internacionalismo socialista” bancado pelo Estado.

Estaria tudo muito bem não fosse por duas razões. A primeira é a dependência desse internacionalismo em relação à figura de Chávez. Já era ruim temer pela derrota eleitoral do presidente venezuelano. Piorou muito com sua morte.

Mas digamos que o chavismo mantenha-se firme após o desaparecimento de seu líder. Ainda assim, continua a dependência “bolivariana” em relação ao petróleo venezuelano. Se o preço do produto despencar, arrasta junto a própria Venezuela e os países que Chávez vinha financiando.

É por isso que nenhuma construção socialista pode começar de cima para baixo, muito menos depender dos humores do mercado capitalista.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s